21 de fev de 2014

EXPOSIÇÃO: O Artista como Autor / O Artista como Editor / MAC/SP

EXPOSIÇÃO

O Artista como Autor
O Artista como Editor

Max Ernst - Quadro para Jovens, 1943 (Divulgação)
A partir das coleções que formam o acervo do MAC USP, esta exposição apresenta duas características fundamentais da cena artística das últimas décadas: de um lado, o artista que age sobre o mundo, reivindicando sua inscrição como autor, por meio de gestos e estruturas formais que ratifiquem sua individualidade – uma atitude “quente” perante a realidade; de outro, o artista que, por meio de uma atitude “fria” frente ao real, age como quem joga com imagens já prontas, ressignificando o sentido original delas, quer por meio da escolha arbitrária de uma ou outra imagem, quer pela articulação de várias.

Iberê Camargo - Expansão, 1964

Talvez mais pertinente do que reiterar velhas polêmicas que caracterizaram o debate da arte nas últimas décadas – “figurativos x abstratos”, “abstratos líricos x abstratos construtivos”, “concretos x neoconcretos” etc. – seria destacar as diferenças de atitude entre o artista/autor e o artista/editor, como posturas que explicitam de maneira mais contundente as crises da sociedade ocidental e, dentre elas, a crise da arte.
Regina Silveira - Uma vez Más, 2012

Joan Miró - Personagem atirando uma pedra num pássaro, 1926


Para esta exposição foram escolhidos trabalhos de artistas brasileiros e internacionais que podem protagonizar a vertente autoral da arte das últimas décadas (Ivens Machado e Karel Appel, entre outros), assim como aqueles que agem (ou agiram) como editores do mundo (Robert Rauschenberg e Regina Silveira, entre outros). Também foram privilegiados na mostra, artistas que, relativizam a noção de autoria por meio de trabalhos em colaboração (José Leonilson e Albert Hien, Shirley Paes Leme, Fernando Lindote e Felipe Cama).
Por Tadeu Chiarelli (Curador)

MAC USP Nova Sede 
Av. Pedro Álvares Cabral, 1301 - São Paulo-SP, Brasil
Horário de funcionamento:
Terça das 10 às 21; Quarta a domingo, 10 às 18 horas
Segundas: fechado




VIVA A ARTE!
By Lugouv.

Nenhum comentário:

Postar um comentário