5 de dez de 2012

Sampa Ganha mais um Centro Cultural - A PRAÇA DAS ARTES

São Paulo Ganha mais um Centro Cultural - A PRAÇA DAS ARTES

O centro de São Paulo está ganhando mais um centro de Cultural, tornando assim uma região regada pela arte.

Foto Divulgação Folha.com

Foto Divulgação Folha.com
Bem ao lado do Tradicional Teatro Municipal de São Paulo, a uma quadra cercada pela avenida São João, o Vale do Anhangabaú e a rua Conselheiro Crispiniano se renova neste fim de ano com a inauguração de um espaço de linhas retas e a pretensão de requalificar um espaço urbano surrado pelo mau uso.

Foto: Divulgação
Com projeto do arquiteto Marcos Cartum, que trabalha para a Prefeitura, em parceria com o escritório Brasil Arquitetura, a Praça das Artes, já em uso, funciona como sede de diversos corpos artísticos municipais que estavam espalhados pela cidade.


A inauguração é hoje para convidados com apresentação da Escola de Dança de São Paulo e concerto do violonista Fabio Zanon, da soprano Adélia Issa e do Quarteto de Cordas de São Paulo.



Foto: Divulgação
A programação prossegue entre os dias 7 e 11, com apresentações gratuitas, incluindo recital de piano com Marcelo Verzoni (sexta, às 20h).

Na Praça das Artes, a Escola de Dança de São Paulo e o Conservatório Dramático e Musical estarão na companhia de cinco corpos artísticos de peso da cidade: a Orquestra Sinfônica Municipal, a Orquestra Experimental, o Coral Lírico, o Coral Paulistano e o Balé da Cidade.

"É comum em outros países um maior contato entre alunos de música e de dança. Convém igualmente promover o encontro de profissionais dessas áreas e os coralistas", diz o secretário municipal de Cultura, Carlos Augusto Calil.

"Até hoje esses conjuntos estavam espalhados pela cidade, sem condições de promover sinergia entre eles", prossegue o secretário.

O custo da implantação foi de cerca de R$ 136 milhões, com recursos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano. É pouco mais de um quarto do valor que o Estado pretende gastar com a construção do Complexo Cultural Luz, na região da Luz.

Foto: Divulgação
O custo da implantação foi de cerca de R$ 136 milhões, com recursos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano. É pouco mais de um quarto do valor que o Estado pretende gastar com a construção do Complexo Cultural Luz, na região da Luz.

Também não está em uso o prédio que vai receber o Centro de Documentação Artística, que hoje reúne diversos estudos sobre artes no Centro Cultural São Paulo.

O arquiteto Cartum conta que investiu-se no tratamento acústico das instalações. "Imagine que em um andar haverá um aluno de violino fazendo um solo e no andar de cima, um grupo de bailarinos pulando", explica.


No último andar do complexo funcionará ainda uma área de fisioterapia para os bailarinos do Balé da Cidade, com direito a uma piscina para hidroginástica. A fachada é de concreto moldado em tábuas de madeira, com efeito singular.


Foto: Divulgação
PROGRAMA DE ABERTURA DA PRAÇA DAS ARTES

QUANDO entre 7 e 11/12
ONDE Praça das Artes (av. São João, 281,Centro, s/tel., mais informações sobre a programação em www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura)
QUANTO grátis



Viva a Arte!

By Lugouv.

Nenhum comentário:

Postar um comentário