8 de nov de 2012

A ARTE DE GASEDIEL


GASEDIEL

Artista francesa transforma obras de artistas renomeados com técnicas de grafites


Transformação de Monalisa do pintor italiano Leonardo da Vinci / Releitura de "Monalisa" feita por Gasediel (divulgação)


A artista francesa Gasediel reinterpreta alguns dos quadros mais importantes da história da arte, aplicando elementos de arte urbana e técnicas de grafite.



A Lição Difícil", pintura do artista francês William-Adolphe Bouguereau / ganhou mais cores e elementos na reprodução de Gasediel (divulgação)

Nascida em Nantes (oeste da França), em janeiro de 1969, Gasediel se mudou para o Brasil por conta de compromissos profissionais do marido. "Quando cheguei, amei a criatividade de alguns grafiteiros. Adorei esses lugares um pouco escondidos da cidade, onde você pode achar tesouro". E não foi só: "E também a pichação. Na verdade, foi a primeira coisa que chamou minha atenção, porque isso não há na França", completa ela.


As Meninas", do pintor espanhol Diego Velázquez / Reprodução de "As Meninas" com olhar urbano de Gasediel (divulgação)
A intenção é divertir e seduzir o público, mesclando ícones modernos e provocativos da arte de rua com grandes mestres da pintura. A releitura de "Olympia", de Manet, por exemplo, é representada com o cenário do colorido Beco do Batman, na Vila Madalena, além do tradicional porco que aparece entre as obras do grafiteiro Ozi.



A Grande Odalisca" do artista francês Jean-Auguste Dominique Ingres / A Grande Odalisca", de Ingres, surge com uma grande tatuagem nas costas nas formas dos arabescos de Zezão, um dos expoentes da "street art" em São Paulo (Divulgação)

Já "A Grande Odalisca", de Ingres, surge com uma grande tatuagem nas costas nas formas dos arabescos de Zezão, um dos expoentes da "street art" em São Paulo.


Moça com Brinco de Pérola", do pintor holandês Johannes Vermeer / Novo olhar para a "Moça com Brinco de Pérola" feito por Gasediel (Divulgação)

Segundo a artista, o maior desafio no processo de produção foi o momento de trabalhar os efeitos de luz e sombra. "No caso das obras clássicas, o trabalho foi feito a partir de tinta a óleo, que demora muito mais para ser absorvida. No caso das minhas obras, fiz com tinta acrílica, que é rapidamente absorvida e, assim, o tempo hábil que tive para reproduzir luz e sombra foi muito pequeno", explica.



 "Olympia", obra do artista francês Édouard Manet / Cenário remetendo ao Beco do Batman, na Vila Madalena, serve como fundo na reprodução de "Olympia"; releitura conta com o porco, figura da obra do grafiteiro Ozi (Divulgação)

Fonte: Folha.com

Exposição: Desvi'art - Galeria Hoc Die Design - r. Peixoto Gomide, 1.887, Jardins, zona oeste, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/3088-6141. 8 a 17/11. Seg. a sex.: 11h às 19h; sáb.: 11h às 18h.



Viva a Arte!

By Lugouv.

Nenhum comentário:

Postar um comentário