3 de fev de 2012

A ARTE DO ARGENTINO JUAN CARLOS CASTAGNINO

Juan Carlos Castagnino



Juan Carlos Castagnino Nascido em Mar del Plata (Argentino) em 18 de novembro de 1908 e morreu em Buenos Aires em 21 de abril de 1972, parte de sua vida ele residiu em Villa insuperável, La Matanza.




Entre 1932 e 1938 trabalhou nas oficinas de Gómez Cornet, Spilimbergo e Victoria. Nos anos 30 viajou para a Europa e trabalhar de assistente de um grande pintor francês em Paris, em seu retorno à Argentina, ele se formou na Universidade de Buenos Aires em 1941, como um arquiteto.





Em 1960, morando no México e América Central vai, em seguida, viajou para Roma em 1966, organiza exposições e turnê pela Europa. Participou de bienais em Porto Alegre e São Paulo (Brasil) e do Museu de Arte Moderna de Paris.


Em 2004, o legislador da Província de Buenos Aires declarada Monumento Histórico Cultural sua casa em 13523 Avenida General Paz, Villa insuperável, a poucos metros da fronteira com a Lomas del Mirador.
Casa em Vila Insuprable Castagnino
  
É uma pena que uma grande casa está em um estado de abandono, juntamente com a preguiça parece ser desenhada em uma tela, manchando a memória do mestre Juan Carlos Castagnino.








(...) A Pintura  de Castagnino centra-se no homem. Integra a figura humana na paisagem, enobrece a presença de suas criaturas de carne e osso, não muito atemporal pois seus gestos de dureza que indicou vida. Notamos uma serenidade súbita  "gigantesca" em alguns de seus retratos de mulheres do povo, cujas suas mãos repetiu o gesto da pintura de Leonardo Povo das paisagens do norte do Paraná e Uruguai, às margens do Mar del Plata, Buenos Aires subúrbios:. muitas áreas diferentes do país têm dado tema Castagnino nacional o sabor interpretação patriarca, no entanto, não é alcançado em virtude apenas do seu tema como "o nosso", mas, acima de tudo, uma atmosfera, de um brilho particular do céu, para uma cor que parece aprendeu com a terra (...)





Viva a Arte!

By Lugouv.

Nenhum comentário:

Postar um comentário