10 de dez de 2011

MANISFESTO - SAUDADES


MANISFESTO - SAUDADES

Foto: Sidnei Lugouv - Itú/São Paulo - Brasil


Saudades...

Quanto mais o tempo passa, mas sinto sua falta.

Sinto uma dor imensa no meu coração,

Fico procurando resposta pelos por quês que estão presos na minha garganta.

Foi amado e rejeitado, fui querido e humilhado e o que restou?

Restou a saudade e a vontade de tê-lo em meus braços.

E o tempo passa...

Você se foi, ou será que fui eu.

No nosso último encontro, deixei de dizer que te amava e fui embora.

Fui embora sem olhar para trás, com ciúmes, sentindo-me desprezado, mal amado.

Naquele momento eu deixei para trás uma história, um amor, uma vida.

Demorei em acreditar na existência do amor, mas hoje é tarde, o amor se foi.

Tá difícil recomeçar, tá difícil entender porquês os bons morrem jovem.

Tá difícil de entender a vida.

Saudades.


Sidnei Lugouv.



Foto: Sidnei Lugouv - Rio Tietê - Itú/São Paulo - Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário