2 de out de 2011

RETRATOS DE SAMPA

Retratos de Sampa... 
02/10/2011

Vergonha Pública, abandono e má conservação. O Primeiro monumento de São Paulo agora virou “berço” de moradores de rua em São Paulo. A poucos metros da sede da Prefeitura de São Paulo, A Ladeira da Memória tornou-se mais um Local de Abandono em Sampa. Além de “Berço” para os moradores de rua, e de um banheiro a céu aberto, Também encontramos várias crianças abandonadas cheirando cola em plena a Luz do dia. Cadê nosso Prefeito???

Conhecendo a Obra:

O largo foi construído no local antes conhecido como "Piques" Hoje conhecida como a Ladeira da Memoria, de onde partiam caminhos para fora da cidade. Lá foi erguido em 1814 o Obelisco do Piques, projeto de Daniel Pedro Muller e Mestre Vicentinho, também conhecido como Pirâmide do Piques. A obra seria celebração do encerramento de um dos governos interinos do bispo Dom Mateus ou do fim de uma seca que castigara a região naquele ano.

Durante o século XIX, foi uma das "portas de entrada" da cidade e um importante ponto de encontro dos moradores da província, viajantes e escravos, atraídos pela água potável fornecida pelo chafariz  o largo, numa encruzilhada da cidade. 

Também foi conhecida como o local de compra e venda de escravos. No final daquele século ganhou uma figueira, que em 1986 era considerada "a árvore mais conhecida de São Paulo". Em 1919, por ocasião das comemorações do centenário da independência do Brasil, foi submetido a uma reforma paisagística de autoria de  Victor Dubugras e José Wasth Rodrigues, ganhando as feições atuais — e mantendo a figueira no mesmo lugar. A figueira só teve alguns galhos cortados quando da construção da Estação Anhangabaú do Metrô, que fica alguns metros abaixo.

Fonte: Wikipedia

Foto: Sidnei Lugouv - Ladeira da Memoria - Centro - São Paulo/SP - Brasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário